29/05/2014

Comprinhas na China

 photo Semtiacutetulo-1.png
Oláaaaa meninas,
O post de hoje é o ultimo da serie "Comprinhas na China - Parte III" (Duvidas de medidas), e quem não conferiu a parte I e II, confira AQUI e AQUI. Bom, admito, eu sou uma compradora compulsiva dessas lojinhas da China, porque toda vida que vejo alguém postando algo interessante em grupo, eu vou correndo olhar o valor rsrs, mas também, quem não seria não é mesmo?!
Sou uma viciada! Mas como não ser? Por lá a gente encontra uma variedade enorme de produtos, as tendências são disponibilizadas rapidamente, e os preços são bons demais, e por mais que você seja taxada, ainda vale muito a pena comprar.

Como sei que muitas de vocês ainda tem dúvidas sobre o assunto, e pelo que vejo nos grupos das redes sociais muitas duvidas, estou aqui hoje reunindo nesse post quatro dicas fundamentais para se dar bem na hora de fazer suas comprinhas!
*Eu vou colocar aqui o que eu sei, e se alguém tiver algum interesse, ou souber de mais alguma coisa, entre em contato comigo que eu estarei fazendo um novo post. :) #ficareifelizcomsuaparticipação

1- Tamanho de roupas: S, M ou L?
Uma coisa é certa: dificilmente seu tamanho será o mesmo que no Brasil. Já vi alguns sites dizendo que basta você "subir" um tamanho. Por exemplo, se você é S(P) no Brasil, será M(M) nas lojas chinesas. A técnica até funciona na maioria das vezes, mas não é livre de erro. Eu, por exemplo, sou S(P) e já tive que pedir short G(L), nas t-shirts, como essa AQUI só que ela ficou um pouco grande, mas dá para usar.

O melhor mesmo é reservar um tempinho para tirar suas medidas e deixá-las anotadinhas, abrir um bloco de notas no seu notebook e deixa-lo ali. Aí, é só comparar com as medidas que sempre são apresentadas nos sites. Desse jeito não tem erro!
 
2- Sapatos: Qual o meu tamanho?
As lojas asiáticas costumam mostrar o tamanho dos sapatos na medida americana e também na europeia. A medida europeia é a mais fácil de entender, basta somar dois números ao tamanho que você usa no Brasil. Por exemplo, se você é 36 será 38.
 
 3- Compare preços
Algumas lojinhas possuem roupas exclusivas, mas a maioria das peças que você encontra em uma loja, encontra em várias outras também. Conferiu os post da série "Comprinhas da China" que eu citei no começo do post?! Então, vale a pena entrar em cada uma delas e comparar o preço das peças que você está querendo comprar. Às vezes, a gente encontra uma boa diferença. Mas lembre-se de considerar o valor do frete, que em algumas lojas é gratuito e em outras não.

4- Fique de olho no estoque
As lojas que oferecem maior variedade de produtos costumam trabalhar com estoques gigantescos, os quais eles não tem muito controle. Já cheguei a esperar mais de 15 dias para uma compra ser enviada. E pior, já aconteceu de eu reclamar com o vendedor, e eles me enviarem outro produto, e no fim chegou os dois. Eu não me importo muito de esperar, mas é uma situação chata, e desconfortável, porque você está louco para usar o produto que você comprou.

Bom meninas, espero que vocês tenham gostado dessa série de compras na China, e continuem curtindo ainda mais minhas redes sociais, pois assim você sempre saberá o que está acontecendo de novidade no mundo da moda, décor e muito mais!
Espero que vocês tenham gostado, até a próxima! 
 
Encontre-me também nas redes sociais:
FACEBOOK • VLOG •  TWITTER • INSTAGRAM • PINTEREST • FLICKR